O Divino Pintor e os outros em emendas de sentimentos

O Divino Pintor e os outros em emendas de sentimentos

Partilhar:
Pin Share

Demos início à obra artística hoje mesmo. Talvez precisemos de mais amor e generosidade. Amor no coração e generosidade na alma. Subamos ao alto da serra, às cumeadas revestidas de neve das altas montanhas. E quando descermos pintaremos mais vivamente na nossa alma, a virtude do desprendimento das coisas terrenas. O degradé de cores do Divino Pintor. Sejamos espelho e abracemos o outro que clama por nós, n´Ele.

A acontecer

HAt

Casa Comum
Cultura
Desafios
Presença- ausência, distanciamento e paz virtual: até quando?

Presença- ausência, distanciamento e paz virtual: até quando?

Partilhar:
Pin Share

Num tempo de ausência de paz em todo planeta, em que não há praticamente continente nenhum livre de guerras, desde as mais antigas e esquecidas às mais recentes, sentimo-nos atravessados culturalmente por um contexto dilemático, do qual destaco o dilema da presença-ausência em que parece impossível traçar caminhos de paz.

O Divino Pintor e os outros em emendas de sentimentos

O Divino Pintor e os outros em emendas de sentimentos

Partilhar:
Pin Share

Demos início à obra artística hoje mesmo. Talvez precisemos de mais amor e generosidade. Amor no coração e generosidade na alma. Subamos ao alto da serra, às cumeadas revestidas de neve das altas montanhas. E quando descermos pintaremos mais vivamente na nossa alma, a virtude do desprendimento das coisas terrenas. O degradé de cores do Divino Pintor. Sejamos espelho e abracemos o outro que clama por nós, n´Ele.

O bicho da seda e a borboleta

O bicho da seda e a borboleta

Partilhar:
Pin Share

Moradas ou Castelo interior é mais do que um livro da Santa e Doutora da Igreja, Teresa de Jesus. Com este símbolo do Castelo retrata-nos traços do mistério da relação do homem com Deus. Porque o homem é capaz de Deus, as portas que Santa Teresa nos ajuda a abrir franqueiam-nos a possibilidade de entrar dentro do nosso Castelo Interior e aí construir uma verdadeira história de amizade «com Quem sabemos nos ama».

Temas

Claustro

Ecologia
Espiritualidade
Perspetivas
Cultura
Sociedade

Espiritualidade

Casa comum

Desafios

Claustro

Espaço de diálogo, reflexão e espiritualidade

Claustro é aquele lugar que, no convento, faz a mediação entre o exterior e o interior, ou permite que do interior se  penetre ainda mais no mais interior da casa; dá também para quatro dedos de conversa e para vislumbres de céu.

 

Ler

Promoção do diálogo

Nos tempos que correm, sentimo-nos na obrigação de «caminhar juntos até à meta». Não temos a verdade toda; porém, não desprezamos as pepitas com que somos agraciados e os grãos de sabedoria que vamos burilando. Abrir e partilhar O Claustro é para nós uma urgência, que só um caminho temos por justo: cuidar a pessoa na sua unidade e integridade, desde a fé e o amor à Igreja que aprendemos com nossos pais Santa Teresa de Jesus e São João da Cruz, fazendo-nos companheiros de caminho e abrindo-nos às perplexidades do mundo.

Carmelitas Descalços

Em Portugal

Receba a newsletter Claustro: